sexta-feira, outubro 28, 2016

Feitiço de Áquila

Eu querendo as guelas das tarde
Você, os cus das noites

Nada somos

Nosso amor
acaba em sono

Nenhum comentário: